segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Acordar cedo, Vizinhanças, floribélices e muita couve podre!

Dia 31-12-2007. 10:40AM.

Sucedeu-se o seguinte:

Um indivíduo do sexo feminino pressiona o botão designado de ' campainha '. Eu, João Miranda, levanto-me da cama, com muito esforço e respondo com voz de sono:
João: "Quanto ficou? Oops, desculpe, Quem é?".
Ao qual o individuo responde: "Desculpe, é o vizinho do lado?"
Imaginem este som a penetrar pelos meus ouvidos logo tão de manha.
João: "Não sei, mas ainda ontem mesmo não o era, porquê?".
Senhora: "Pode-me dizer qual a campainha do vizinho do lado?"
João: "humm... julgo que seja portanto... a do lado."
Senhora: "Muito agradecida".
João: "Obrigado sou eu."

Depois desse momento, fui a correr tomar o meu pequeno-almoço na minha tigela da floribella:





P.S: peço desculpa pela caneca da floribella, mas quando a comprei ela ainda não vinha com o upgrade. Já reclamei mas entretanto não obtive resposta.

2 comentários:

slbgirl disse...

aqui para o jrdm:
porto-substantivo masculino
1.sitio de uma costa ou de um rio onde os navios podem fundear,
2.lugar onde embarca ou desembarca; ancoradouro
3.figurado lugar de descanso
4 figurado refúgio, abrigo

Ora penso que esclareci!Mais ainda, o meu blog vai de encontro à quarta definição. De notar, que Porto também designa uma bela cidade portuguesa. Qualquer ligação deste substantivo a um clube que pertence à mesma, é puro engano, visto que não sou possuidora daquela anomalia crónica que é ser tripeiro! Espero não ter ofendido! Não era de todo a minha intenção! Aliás nunca é minha intenção ofender! Fora isto, estás cá dentro (sentido figurado-Eduardo Madeira)!

Desejo um EXCELENTE ANO aos três. Bjinho henrique(espero que esteja tdo a crrer bem!)

cumps* aqui da admiradora nº1 do blog (hihihi).ru|

Nascimento Meireles disse...

Falar em Eduardo Madeira, uma das suas músicas, nos Cebola Mol, tem esta bonita letra:

"Vai ali para o canto
Chega-te para o pé do lago
Não vás para o pé dos passadores
Deixa estar o cão sossegado
Estava um dia tão bonito
E tu tinhas de aparecer
Quando te vi a descer a rua
Chegaste ao pé de mim e disseste

Olá, olá, olá
E disseste
Olá, olá, olá.
E disseste
Olá, olá, olá.
E disseste
Olá, olá, olá "

De referir que isto foi antes do Upgrade, miuda.